Junho|2016| ano VII edição 84 – Como o Autista enxerga o mundo

Como o Autista enxerga o mundo

Para começar, preciso lembrar que esse texto é o segundo da série “a importância dos exercícios físicos nas necessidades especiais”, e por isso sigo com o conteúdo explicando alguns novos conceitos acerca do autismo. Dentre eles destaco o modo concreto em que o autista vive, se relaciona e interage consigo mesmo e com os outros. FotoColunista_ThiagoSoaresVivaBemDaí vem o termo de concretude, devido a forma mais racional de agir e pensar.

Ao contrário do mundo concreto que o autista está acostumado, o abstrato lhe traz alguns verbos ou substantivos que denotam intuição e reflexão como o: expressar, criar, interagir, imaginar, refletir, analisar, elaborar, organizar ou fantasiar, porém pessoas com autismo têm dificuldade nessas áreas, tornando-se mais concretas, ou seja, compreendem melhor as palavras que envolvem ação, como no: fazer, ir, ver (à sua maneira), correr, pular, colocar, limpar, escrever ou desenhar. Dessa forma o cérebro filtra as informações que são práticas, sem passar muito pela reflexão e intuição.

Em contrapartida a essas teorias, na minha experiência como educador físico, percebo sim uma capacidade intuitiva e reflexiva nos meus alunos – mesmo que pequena, às vezes. A partir disso, procuro, gradativamente, estimular novas maneiras para o indivíduo agir, pensar, se relacionar, além de obter noção de suas próprias limitações, reconhecendo suas potencializações.

Por meio de uma excelente ferramenta prática e modelada na ação, os exercícios físicos possibilitam maior contato com o corpo, dão noções sobre o funcionamento do organismo – como quando um autista pergunta o porquê do coração estar batendo forte ao pular corda, e o fato das pernas se cansarem ao correr demais. Também é criado um ambiente lúdico (prazeroso), propiciando a elaboração de ideias, interação em grupo, participação proativa, inclusive reflexão sobre o que fazer, como numa brincadeira de pique, onde o autista é o pegador, e precisa analisar a melhor forma de “pegar” um colega! Dentro de tudo escrito aqui, o comportamento tende a mudar com o passar do tempo, estimulando o lado abstrato de sua mente.

Na continuação do tema serão abordados diferentes assuntos sobre o autismo. Então, não deixe de ler as próximas colunas e procure no site do Jornal Novidades (www.jornalnovidades.com.br) a sessão da Viva Bem em que tem as matérias anteriores. Estou à disposição para tirar dúvidas nos meus contatos abaixo, obrigado!

THIAGO SOARES PERSONAL
CREF: 025751

Especialista em psicossomática contemporânea
Persona Trainer de idosos e necessidades especiais
ATENDIMENTO EM DOMICÍLIO
Personal Coach (consultor de saúde e atividade física)
Criador do método GinásticaKIDS
99522.8671 (Vivo)
Facebook.com/Ginasticakids.original
E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>