Setembro | 2018 | Ano IX – Edição 111 – O que muda quando envelhecemos (Parte 1)

O que muda quando envelhecemos

(Parte 1)

idosa

De uma coisa todo mundo já sabe: estamos envelhecendo, de fato! E não é motivo para tristeza, nem mesmo apatia, mas sim para podermos nos desfrutar do que éramos, somos e seremos, afinal, o tempo faz com que o ser humano se torne maduro e um tanto experiente, para saber que o ciclo da vida transforma pensamentos, hábitos, atitudes e principalmente nosso corpo. E para isso, precisamos compreender a constante mudança corporal, observando o que se passa com o organismo e os possíveis problemas que surgem a partir do envelhecimento.

Como curiosidade, na terceira idade o nariz e a orelha tendem a aumentar de tamanho em comparação à juventude, além dos pelos nestas regiões, para ajudar a purificar mais o ar que entra através das narinas, pois os pelinhos servem de proteção contra agentes contaminadores, já que a imunidade nessa faixa etária tende a ser mais baixa. Nos ouvidos, os pelos atuam na melhor vibração do som, possibilitando melhor escuta e compreensão do que se ouve. Ah, outra coisa interessante: na audição, os idosos costumam perder a capacidade de perceber sons agudos, portanto, vale a pena manter uma conversação com um tom mais grave.

Continuando nessa perspectiva, é natural a visão diminuir de potência, ainda mais se influenciada por desordens como diabetes, hipertensão ocular, obesidade, dentre outros – por isso é bom fazer um check-up com seu médico. A hidratação é fundamental para manutenção da boa visão, daí aparece outro fator curioso: uma glândula perto do cérebro chamada hipotálamo, que regula a sede e a fome, também reduz sua capacidade, dando aquela sensação de quase nunca ter vontade de beber água – é crucial o idoso ingerir líquidos mesmo sem sede.

Na parte da alimentação, diminui-se o paladar, proporcionado pela deficiência dos nervos sensitivos e de outra estrutura da cabeça, o tálamo, que reconhece os gostos e filtra esse estímulo, dando saciedade, satisfação e prazer, ou o contrário disso tudo, quando há a carência de sabores distintos. Ocorre também a dificuldade de mastigação e deglutição, o que pode levar à desordens digestivas, pela não deterioração correta dos alimentos.

Essa foi a primeira parte da série: O que muda quando envelhecemos, então aproveite a próxima edição, que vou escrever sobre incontinência urinária, alterações da temperatura corporal, problemas do sono e osteoporose.

Me acompanhe no Facebook: Thiago Soares Personal Trainer. Muito Obrigado!

ENVELHEÇA COM SAÚDE

THIAGO SOARES PERSONAL
CREF: 025751

Profissional de Educação Física

Personal Trainer, especialista em atividade física para idosos e necessidades especiais
ATENDIMENTO EM DOMICÍLIO
Doenças degenerativas/psiquiátricas/Demências
Autismo/Síndrome de Down/Cadeirante
Personal Coach (consultor de saúde e atividade física)
whatsapp-logo-icone-1 99522.8671 (TIM)
facebook:thiagosoarespersonal
E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>