Setembro | 2017 | Ano VIII – Edição 99 – Programa Atenção ao Idoso

Programa Atenção ao Idoso

Dr. Thiago Bicalho

Dr. Thiago Bicalho

Dando continuidade ao Programa Atenção ao Idoso, oferecido pelo Hospital Pasteur, através do ciclo de palestras gratuitas para a comunidade do Méier e Grande Méier, no dia dois de setembro o encontro foi com o Dr. Thiago Bicalho, geriatra do hospital. O tema foi “Insônia e Incontinência Urinária”.

Palestra no auditório do Hospital Pasteur

Palestra no auditório do Hospital Pasteur

Dr. Thiago dividiu a palestra em duas etapas. Na primeira abordou um problema que acomete cerca de 50% das pessoas com mais de 65 anos: a insônia. Na segunda etapa a incontinência urinária, que acomete cerca de 10 milhões de brasileiros de todas as faixas etárias, sendo duas vezes mais comum em mulheres, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia. Embora as palestras sejam sobre doenças Dr. Thiago sempre aborda os temas de forma leve, divertida, com caráter informativo e com assídua participação da plateia.

O palestrante relatou que quando não dormimos bem, nos sentimos cansados, lentos e com dificuldade de concentração etc. A insônia é considerada a dificuldade de iniciar ou manter o sono. “Nos idosos a apresentação da insônia é muito mais complexa, pois normalmente tem associação com fatores clínicos como: agitação, inquietude, depressão, incontinência urinária, dores crônicas, refluxo gastro-esofágico, entre outros. Pacientes com insônia tendem a fazer uso indiscriminado de medicações conhecidas como “tarjas pretas” (benzodiazepínicos). Essas medicações, quando usadas cronicamente, levam à tolerância e à dependência, aumentando o risco de quedas, porque diminuem a coordenação motora, levando ao comprometimento da função mental, além de não conseguirem resolver o problema de insônia em longo prazo”, explicou Dr. Bicalho.

Orientou ainda inúmeras ações reconhecidas na área de saúde como higiene do sono. “Adotar horário regular para deitar e levantar mesmo nos fins de semana, evitar cochilos prolongados à tarde, cuidados com o ambiente do sono, o quarto deve estar preparado para dormir, eliminar ruídos, realizar refeições mais leves antes de deitar, não ler ou ver TV na cama, o quarto não deve ser utilizado para trabalhar, estudar ou comer”, discursou. Dr. Bicalho relatou que a incontinência urinária causa impacto direto na qualidade de vida das pessoas, constrangimento social, mau cheiro etc. Além disso, predispõe a dermatoses genitais, úlceras de pressão, infecções do trato urinário, quedas e fraturas ocorridas no caminho para o banheiro. Muitas vezes é considerada, equivocadamente, pela família como parte natural do envelhecimento.

“A incontinência urinária é definida como a condição na qual há perda involuntária de urina, é um problema social ou higiênico e é objetivamente constatada. Pode ser classificada em três tipos: urge-incontinência, incontinência urinária relacionada ao esvaziamento vesical inadequado e a incontinência urinária de esforço”, orientou Dr. Thiago. Para concluir, o geriatra lembrou a todos que no dia Primeiro de Outubro é comemorado o Dia Internacional do Idoso, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em 1982, a ONU elaborou, em Viena, a primeira Assembleia Mundial sobre o Envelhecimento. Na assembleia, foi elaborado um Plano de Ação Internacional sobre o Envelhecimento, os quais passaram a orientar as reflexões, legislações e ações posteriores a respeito do idoso.

Ao final Dr. Thiago Bicalho convidou a todos para um cafezinho e anunciou a data da próxima palestra, no dia 21 de outubro, às 10h, no auditório do Hospital Pasteur, que terá como tema “Lembrando do Alzheimer”. O Hospital Pasteur fica na Av. Amaro Cavalcanti, 495 – Méier. Inscrições e informações pelo telefone: 2104-4400.

Por: Solange Diniz

Foto: Madalena Angelo

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>