Setembro |2015 Ano VI edição 75 – Falando de saúde

Andrea CarielloNeurociências

O que ela pode nos ajudar no processo de aprendizagem através de exercícios neuróbicos?

 

Os avanços da tecnologia digital permitiram compreender sinapses e processos cerebrais essenciais para o funcionamento do cérebro. Com isso, a ciência que estuda o sistema nervoso tem colaborado para a compreensão de outras áreas de conhecimento, como e a educação e áreas de reabilitação a fins – Psicologia, Fonoaudiologia, Fisioterapia e demais.

tal como o corpo, para se desenvolver de forma equilibrada e plena, a mente também precisa ser treinada, estimulada e desenvolvida. É comum não prestarmos atenção àquilo que fazemos de forma mecânica, por isso costumamos esquecer das ações que executamos pouco tempo depois.

O objetivo desses exercícios neuróbicos é de estimular os cinco sentidos por meio de exercícios, fazendo com que você preste mais atenção nas suas ações e então, melhore seu poder de concentração e a sua memória. Ou seja: executar de forma consciente as ações que levam a reações emocionais e cerebrais.

Você só estimula o cérebro se o exercita, por isso quem sempre esteve atento a esta questão terá menos problemas de saúde cerebral, como demência e doenças cognitivas. Se ainda não começou ainda dá tempo.

Comece Agora!

 

Andrea Cariello Rosa
Fonoaudióloga – CRFA 8000- RJ
Tel.: 2595-1312
andreacariello@inttegrare.com.br

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>