Outubro |2016| ano VII edição 88 – O que aprendemos com as Paraolimpíadas

O que aprendemos com as Paraolimpíadas

No mês passado o tema da coluna foi sobre as Olimpíadas e, claro, que hoje irei abordar sobre o fantástico evento das Paraolimpíadas! Foi emocionante observar os nossos atletas paraolímpicos e acompanhar este evento foi uma oportunidade de aprender muitas coisas com as experiências vividas e passadas por eles através do esporte e suas histórias de vida.

apresentacao1Nos fizeram refletir sobre as nossas vidas; sobre as nossas próprias limitações e formas de lidar e superar situações difíceis e, algumas, que até parecem impossíveis! Eles vão lá, e nos mostram que é possível, sim, desenvolver determinadas habilidades e capacidades que faz nossos olhos brilharem e se irradiarem diante do que presenciam.

Acompanhando os atletas, em vários momentos, me deparei diante de tantas habilidades e competências que não desenvolvi e a partir daí, é interessante refletirmos sobre o conceito de deficiência, que segundo o dicionário significa imperfeição, falta, lacuna; deformação física ou insuficiência de uma função física ou mental.

Se ampliarmos nosso olhar, todos nós temos nossas limitações e insuficiências variando seus níveis e graus, assim como temos talentos e habilidades a serem desenvolvidas para algumas áreas da vida. Todos nós podemos nos desenvolver em algum aspecto e, para isso, precisamos superar as limitações que temos e, principalmente, as crenças negativas, que nos acompanham com medo, nos trazendo insegurança e dificuldade de acreditar em nós mesmos.

Essas crenças, talvez, sejam a nossa maior inimiga e nossa maior “deficiência”, que nos afastam de ações direcionadas às conquistas e vitórias que podemos obter. Diante das adversidades que passamos na vida, precisamos ter a capacidade de resiliência, que é a capacidade de voltar ao seu estado natural, principalmente após alguma situação crítica e fora do comum e mais especificamente, na Psicologia, significa a capacidade que tem uma pessoa ou um grupo de se recuperar perante a adversidade e ultrapassá-la.

Em certas ocasiões, as circunstâncias difíceis ou os traumas permitem que a pessoa desenvolva recursos para lidar com o ocorrido e que ela não reconhecia até então. Assim, os atletas nos transmitiram muitos ensinamentos, investindo e acreditando em si mesmos, tendo disciplina, persistência e determinação, conquistando suas vitórias! Vamos nos alimentar dessa energia! Pensamento positivo e vamos em frente!

Espaço Transfigurar-te
Psicólogas responsáveis: Luana Menezes e Vanessa Gonçalves

Tels.: 3064.2894 | 98737.1391
Rua Dias da Cruz, 188 – Lj 239
Méier Off Shopping (Antiga Galeria Oxford)

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>