Novembro/2019 | Ano X – Edição 125 – Como o Cérebro diminui ou aumenta de tamanho?

Como o Cérebro diminui ou aumenta de tamanho?

Thiago COLOR

Quando falamos sobre corpo humano, o que pensamos primeiro? Músculos, ossos, juntas, órgãos, cabelo ou até unha, não é mesmo? Porém uma parte, que atualmente a sociedade tem lembrado um pouco mais, é o cérebro. Na verdade, ao tratarmos do assunto sempre se vêm as questões como Alzheimer, esquecimentos, memória, dor de cabeça, mas existem outros detalhes curiosos e bem interessantes. Você sabia que o cérebro pode diminuir ou aumentar de tamanho? Pois é, fascinante!

Nosso organismo é recheado de caminhos para o sangue fluir, como artérias, que levam nutrientes para diversas regiões, tais como oxigênio, glicose ou hormônios a partir de um único caminho de ida, partindo do coração ao resto do corpo. Depois as veias têm a função de conduzir o sangue “sujo”, cheio de impurezas do processo chamado metabolização, proveniente do desgaste natural do que foi usado como fonte de energia vinda das artérias. Nesse caso as veias fazem o caminho de volta do corpo ao coração, para que o sangue seja “limpo” e filtrado pelo coração e pulmão. Daí todo o processo se reinicia pelas artérias.

Agora ficará mais fácil entender o porquê da mudança de tamanho do cérebro, afinal tudo acontece por intermédio justamente desse circuito de sangue, ou seja, quando a região da cabeça é mais irrigada com certos nutrientes, sendo mais acionada, um sangue “novo” entra, e consequentemente o usado e metabolizado é “empurrado” para fora. Assim a região tende a se manter mais volumosa pelo aumento de fluxo sanguíneo na região, pois em contrapartida, caso não haja essa reciclagem sanguínea ou o cérebro não seja estimulado sufi cientemente, haverá redução da necessidade de o sangue novo vir das artérias em boa quantidade.

Dessa forma a região permanece empobrecida de líquidos, diminuindo seu espaço. Outro motivo pode ser algum problema de saúde como hipertensão, diabetes e colesterol alto, que podem obstruir os vasos, assim como o uso contínuo de álcool e fumo que tendem a ressecálos, dificultando a fluidez sanguínea, reduzindo a quantidade arterial e venosa.

Praticar exercícios físicos é hoje em dia, considerado por pesquisas sérias do mundo inteiro, como mecanismo capaz de preservar ou aumentar o volume cerebral, pela liberação de diversos hormônios e outras substâncias, além do surgimento de novas veias no cérebro, irrigandoo mais e mais. Há específicos casos em que as veias podem ter uma função parecida com a arterial. Na próxima coluna abordarei esses assuntos.

AUMENTE SEU CÉREBRO HOJE MESMO!

THIAGO SOARES PERSONAL
CREF: 025751

Personal Trainer, especialista em atividade física para idosos e necessidades especiais
ATENDIMENTO EM DOMICÍLIO
whatsapp-logo-icone-1 99522.8671 (TIM)
facebook:thiagosoarespersonal
E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>