Novembro | 2018 | Ano IX – Edição 113 – O que muda quando envelhecemos (Parte 2)

O que muda quando envelhecemos
(Parte 2)

Thiago COLOR

A vida é uma arte, mas precisamos fazer nossa parte. Digo isso porque ela muda continuamente, deixando-nos mais experientes. Bem, fiz esses versinhos para mostrar como o processo de envelhecimento ocorre; ora a vida nos conduz, ora é necessário agir, e não esperar tudo acontecer, pois estamos aqui no mundo para de fato viver.

A título de conhecimento popular, aqui no Brasil após os 60 anos uma pessoa é considerada idosa, segundo padrões da Organização Mundial de Saúde (OMS). Em países desenvolvidos como Canadá ou Bélgica, a referência é 65. Isso muda por causa da questão econômica, cultural e acesso à saúde pública de qualidade.

Bem, agora é a vez de escrever sobre uma desordem comum em idosos: incontinência urinária. Nessa época, alguns músculos se encontram mais enfraquecidos ou não respondem adequadamente, como os situados no abdômen, quadris – incluindo os ossinhos púbis (próximo da genitália) e ísquio (parte pontiaguda nas nádegas, onde sentamos), além dos esfíncteres (válvulas compostas de músculos) da bexiga e uretra, não conseguindo segurar o xixi. Também existe o fato de que o idoso costuma ir ao banheiro várias vezes ao dia, fazendo “pingos”, daí acaba evitando ir à toalete toda hora, por sentir-se incomodado, e assim acaba segurando demais a urina dentro da bexiga e “vazando”, por excesso de força numa região já cansada do esforço.

Outro fator interessante é que algumas estruturas do complexo do cérebro que regulam nossa temperatura corporal, como tronco cerebral e hipotálamo, podem passar a funcionar de forma equivocada, dando mais sensação de calor ou frio, afinal, é rotineiro vermos um idoso com casaco em dias quentes, ou de camisa sem mangas naquele friozinho. Então, quando alguém da família reclamar sobre isso, já sabe a explicação (risos). Mas, claro que num frio intenso o uso de roupas que aqueçam torna-se necessário, mesmo sabendo dessas alterações, a fim de evitar baixa da imunidade. A hidratação, com ingestão de água, frutas e sucos, é de grande relevância para ajudar no controle da temperatura, dando ao organismo nutrientes necessários para melhor funcionamento do corpo.

Agradeço a sua leitura, e qualquer dúvida, ajuda ou sugestões pode me mandar um zap, ok? No próximo artigo vou ressaltar problemas de sono e questões ligadas à osteoporose, como redução da vitamina D e alguns hormônios, no envelhecimento.

A VIDA É UMA ARTE!

THIAGO SOARES PERSONAL
CREF: 025751

Profissional de Educação Física

Personal Trainer, especialista em atividade física para idosos e necessidades especiais
ATENDIMENTO EM DOMICÍLIO
Doenças degenerativas/psiquiátricas/Demências
Autismo/Síndrome de Down/Cadeirante
Personal Coach (consultor de saúde e atividade física)
whatsapp-logo-icone-1 99522.8671 (TIM)
facebook:thiagosoarespersonal
E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>