Novembro | 2017 | Ano VIII – Edição 101 – Pontos pretos na visão? É grave?

Pontos pretos na visão? É grave?

Sem título

Uma queixa muito frequente nas consultas oftalmológicas são os pontinhos pretos na visão. E ainda bem que na maioria das vezes é algo benigno. As principais causas de pontos pretos são: Moscas Volantes, Descolamento da Retina, Hemorragias Retinianas e inflamação do Vítreo.

Aqueles pontinhos pretos que quando olhamos para uma parede branca, ou em dias mais ensolarados ficam mais visíveis tem nome. Quando olhamos de um lado para o outro eles se movem de forma livre e depois vão descendo de forma bem lenta, chamamos de Moscas Volantes. Esses pontinhos são proteínas que se juntam e formam grumo dentro do vítreo (gelatina que dá forma e volume ao olho).

Ter moscas volantes é algo muito normal e fica mais evidente quanto maior a idade embora possa acontecer em pacientes jovens. Não é grave e é a causa mais comum de pontinhos pretos. Apesar de causar sintomas como borramento visual rápido, não está relacionado com nenhuma doença. O diagnóstico é simples basta a visualização do vítreo na lâmpada de venda ou a realização de um ultrassom ocular para diferenciar de outras causas. O uso de medicações (principalmente vitaminas) para diminuir a sensação das moscas, mas é duvidoso e pode não fazer efeito nenhum.

Existe a possibilidade de retirada do vítreo como um todo dos olhos, mas é como tentar matar uma formiga com bala de canhão. É capaz de fazer um buraco no chão e a formiga sair viva. Então nesse caso o risco supera qualquer benefício e não se faz cirurgia para moscas volantes.

Outras causas de pontos pretos na visão são normalmente mais graves e têm necessidade de tratamento. O descolamento de retina se manifesta como um borramento da visão que não melhora por si e dá muitas das vezes a sensação de que uma cortina caiu sobre os olhos. Deve ser diagnosticada e tratada o quanto antes para evitar perdas severas da qualidade e quantidade de visão.

As hemorragias retinianas normalmente são causadas por complicações da retinopatia hipertensiva ou diabética. Podem causar hemorragias, as leucemias e doenças graves da coagulação do sangue. E devem o quanto antes serem diagnosticadas e acompanhadas.

As inflamações do Vítreo normalmente acontecem por doenças infecciosas (principalmente a toxoplasmose) ou por doenças auto-imunes (onde as células de defasa atacam o olho). O tratamento é feito com medicações específicas para cada doença.

O diagnóstico dessas alterações é feito através do exame da lâmpada de fenda, podendo ter necessidade de complementar com mapeamento de retina e ultrassonografia dos olhos.

Dr. Andrew Alves
Marinho Oftalmologia
CRM: 52 97566-4

ESPECIALIDADES: Clinica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia, Mastologia, Proctologia, Cardiologia, Cirurgia Vascular e Angiologia, Geriatria, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Psicologia, Neurologia, Neurocirurgia, Oftalmologia.

CuidarVC
Tel.: 3627.4450
www.cuidar.vc
facebook.com/ClinicaCuidarvc
Rua Medina, 127, salas 102/103 – Méier

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>