Novembro |2016| ano VII edição 89 – Hospital Pasteur Inaugura Centro de Atendimento à Família

Hospital Pasteur Inaugura Centro de Atendimento à Família

Novo serviço visa oferecer apoio de modo exclusivo e acolhedor aos parentes no momento delicado de uma internação

andradaO Hospital Pasteur, localizado no bairro do Méier, Zona Norte do Rio de Janeiro, acaba de inaugurar um Centro de Atendimento à Família (CAF). O objetivo é oferecer auxílio psicológico e social aos familiares de pacientes, assim como assistência na resolução de questões administrativas. Raquel Oliveira Guedes, gerente de atendimento da instituição e coordenadora do CAF, explica que a direção da unidade identificou a necessidade de um setor que tivesse um papel norteador semelhante ao da ouvidoria, mas que pudesse ir além para atender e contribuir para sanar necessidades específicas dos parentes e acompanhantes.

Composto por um time de auxiliares administrativos do cliente, assistente social e psicólogo, o CAF não só trabalhará para sanar questões que envolvem os trâmites burocráticos, como autorizações de procedimentos pelos planos de saúde – necessários nos cuidados assistenciais –, mas também no âmbito emocional e social – como nos casos de doenças graves e falecimentos. “No ambiente hospitalar, a atenção não está voltada somente para o paciente internado, mas também para todos os agentes ligados ao momento.

A organização do CAF foi pensada para trabalhar nesse sentido, principalmente nas situações em que é preciso transmitir notícias difíceis, como problemas de maior gravidade e nos casos de óbito, nos quais Novo serviço visa oferecer apoio de modo exclusivo e acolhedor aos parentes no momento delicado de uma internação são necessárias as presenças de um psicólogo e do assistente social ao lado da família”, informa Raquel.

O setor fará um trabalho segmentado para as diferentes situações que envolvem um hospital: na emergência, por exemplo, os próprios funcionários farão uma abordagem prévia nos corredores, nos boxes de atendimento e na própria recepção, para avaliar se o processo de atendimento de urgência está transcorrendo da melhor forma possível. Nos casos dos pacientes internados, um assistente do cliente irá diariamente aos quartos para verificar se há alguma questão a ser resolvida, como indicações sobre as visitas autorizadas e solicitação de informações médicas mais detalhadas, por exemplo.

Já nas situações em que os assistidos estiverem no Centro de Terapia Intensiva (CTI), os funcionários acompanharão os familiares nos horários específi cos de visitação para uma rápida conversa. “Dessa forma, é possível averiguar se a família carece de algum tipo de apoio, que pode variar de acordo com cada situação. Também atuaremos nas questões que demandam contato com os parentes fora do horário de entrada no CTI”, finaliza a coordenadora, acrescentando, ainda, que os serviços que são feitos pela Ouvidoria também fi carão a cargo do CAF.

O CAF está localizado no mezanino do Hospital Pasteur e já está disponível por meio do telefone (21) 2104-4400 e do e-mail rcguedes@hospitalpasteur.com.br.

Hospital Pasteur
Av. Amaro Cavalcanti, 495 – Méier
Tel.: (21) 2104-4400
www.hospitalpasteur.com.br 

 

 

Foto: Ubirajara Chaves
Fonte: Assessoria de Imprensa Hospital Pasteur

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>