Maio | 2015 Ano VI – Edição 71 – Cidadania Itinerante

JornalNovidades_Mai2015_CidadaniaItineranteA crescente complexidade para administrar condomínios de médio e grande porte, especialmente àqueles que possuem uma considerável infraestrutura de lazer, requer maior especialização profissional e constante dedicação de seu administrador às necessidades e contratempos que surgem cotidianamente. Por isso, nem sempre encontraremos condôminos dispostos e preparados tecnicamente para se candidatarem à função de síndico de seu próprio condomínio. Esta pode ser apontada como a principal vantagem para contratação de um Síndico Profissional.

Neste contexto, podemos também citar, por exemplo, as questões legais impostas pela legislação pátria, a administração de pessoal e de contratos em geral, o orçamento, a execução e acompanhamento de obras necessárias, a manutenção preventiva de equipamentos e demais instalações prediais, o fiel cumprimento da convenção e do regimento interno, a mediação de conflitos entre os condôminos, a manutenção da ordem pública no âmbito do condomínio, além da implantação de recursos que visem a redução dos custos operacionais. Outra grande vantagem é o profissionalismo. Um síndico contratado é um profissional dedicado para cuidar das rotinas dos prédios, fazendo-as funcionar em consonância com o bem estar comum. Pessoa ou equipe, que provavelmente tenha se deparado e resolvido as diversas questões que surgem nos condomínios com grande frequência. A imparcialidade é, sem dúvida, outra vantagem apontada por especialistas. Um Síndico Profissional representa melhor os interesses do coletivo, na aplicação do código civil, da convenção e do regimento interno.

Desta forma, a decisão de contratar um Síndico Profissional deve partir de uma assembleia ordinária. Assim, o profissional terá legitimidade, podendo atuar na função para a qual foi contratado com poderes para gerir o condomínio. Maiores informações pelo telefone e e-mail abaixo.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>