Maio | 2014 – Edição 59 – Viva Bem: Como reduzir o culote?

FotoColunista_ThiagoSoaresVivaBemPor: Thiago Soares

Interessante mencionar que a palavra portuguesa culote vem do francês “culotte”, que na tradução literal quer dizer calcinha. Essa é a mágica dos idiomas: o que calcinha tem a ver com as gordurinhas localizadas encontradas na parte lateral das coxas? Bem, a ideia é entender que a origem da palavra é francesa, no entanto o signifi cado é completamente diferente no Brasil…
Essas “teimosas” moléculas gordurosas alojam-se no interior da pele, que dependendo do volume marcam as coxas, desalinhando a estrutura saudável do tecido. Assim, visualmente, a perna fica como se fosse uma laranja, com pequenos buraquinhos na pele.
Agora chegou a hora de saber como reduzir o culote: recomenda-se cinco vezes por semana praticar exercícios aeróbios, de 50 minutos a uma hora e meia, somados a musculação ou localizada. A média varia conforme o princípio da individualidade, mas o professor de educação física saberá prescrevê-los corretamente. Ora, nada é fácil, como preconizam os produtos milagrosos! O sábio ditado já diz: sem sacrifício não há recompensa, portanto, uma alimentação equilibrada, sob orientação de um nutricionista, facilita bastante a diminuição do culote, bem como acelera o metabolismo e aumenta o gasto calórico, além da indicação de alimentos que auxiliam na redução de peso e varrem as gordurinhas para fora do nosso corpo.

VIVA BEM, SATISFEITO COM O SEU CORPO.

 

Thiago Soares – Educador físico – CREF 025751

Especialista em psicossomática contemporânea.

Professor e coordenador da academia ANC – Academia Nóli Coutinho

Personal Trainer da Melhor Idade e Necessidades Especiais

Tel.: 99522-8671 | E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com | Facebook: Viva Bem

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>