Junho | 2018 | Ano IX – Edição 108 – Méier é o bairro com o maior número de idosos da Zona Norte

Méier é o bairro com o maior número de idosos da Zona Norte

Brasil já tem 30 milhões de idosos

idoso

O Dia 15 de junho marca o Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa, com o objetivo de serem preservados os direitos desses cidadãos. Nossos idosos precisam de proteção, dignidade e respeito.

A Campanha “Junho Violeta” é lançada em todo país para sensibilizar, mobilizar e conscientizar a população sobre os diversos tipos de violência contra o idoso. Os maus-tratos aos idosos representam uma grave violação de seus direitos como cidadãos. A campanha diz: “Ao invés de violentar, dê uma violeta ao idoso como sinal de gratidão”. E é nosso dever tratarmos os idosos com dignidade e respeito, afinal, todos nós um dia seremos idosos.

O IBGE divulgou que o Brasil ganhou 4,8 milhões de idosos desde 2012, superando a marca dos 30,2 milhões em 2017, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad). Em 2012, a população com 60 anos ou mais era de 25,4 milhões. Os 4,8 milhões de novos idosos em cinco anos correspondem a um crescimento de 18%.

Em 2007 a população brasileira com 60 anos ou mais era de 17,4 milhões. De 2007 a 2017, ou seja: uma década, foram 12,8 milhões de novos idosos no país. As mulheres idosas são maioria, com 16,9 milhões (56% dos idosos), enquanto os homens são 13,3 milhões (44% do grupo).

A quantidade de idosos cresceu em todo território nacional. A expectativa de vida passou para 76 anos. Os estados com maior número de idosos são Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, ambas com 18,6% dos habitantes. O envelhecimento populacional é um fenômeno global e está associado ao aumento da expectativa de vida e à redução nos índices de natalidade.

O bairro com o maior número de idosos, no Rio, ainda é Copacabana. Na Zona Norte, o bairro com o maior número de idosos é o Méier. Em 2010 os idosos no Méier, segundo o IBGE, representavam 28,88% da população. O JB atualizou esses dados publicados em 4 de março de 2018. A população idosa no bairro do Méier passou para 38,24% dos habitantes este ano.

Por causa da Campanha Junho Violeta e por morarmos no bairro da Zona Norte com o maior número de idosos resolvemos fazer uma edição dedicada à Terceira Idade. Esse é um mercado que tem se tornado cada vez mais representativo no Brasil. Mas, o país explora pouco ou quase nada a chamada Economia da Prata (Sylver Economy), fazendo uma referência aos cabelos grisalhos. Os empresários e comerciantes do Méier precisam ficar mais atentos para esse novo mercado. Criar serviços específicos para a Terceira Idade, público alvo do nosso Jornal Novidades.

Além dos prestadores de serviços e empresas do Méier publicadas na nossa matéria de capa, na página 10 desta edição, outros parceiros do jornal oferecem serviços para a Terceira Idade. O Instituto Brasileiro de Línguas oferece turmas especiais para a Terceira Idade, com coffe break e isenção de matrícula (pág. 3). A musicoterapeuta Adriana Pimentel oferece grupos de musicalização terapêutica para o envelhecimento saudável (pág. 13). O Educador Físico Thiago Soares é especialista em atividade física para idosos e necessidades especiais e faz também atendimento em domicílio (pág. 6).

No Caderno Saúde do nosso Jornal Novidades o leitor sempre encontrará profissionais de excelência que trabalham com os nossos idosos. São médicos, dentistas, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas holísticos etc. Se você é empresário ou presta serviços para a Terceira Idade entre em contato com a nossa redação para divulgarmos o seu trabalho.

Solange Diniz é Jornalista, escritora e poetisa.
Autora do Livro ‘‘Palavras do Coração’’,
obra que deu origem ao espetáculo de teatro ‘‘Desalinhos do Amor’’.
Membro de Academias de letras e Artes do Brasil e do Exterior

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>