Junho | 2015 Ano VI – Edição 72 – CCNS Psicologia: Sexo – Prazer ou Frustação?

 

Sexo – Prazer ou Frustação?

O papel das emoções na sexualidade humana

Sexo e Sexualidade

FotoColunista_CCNSO termo sexo é empregado para designar a parte biológica do indivíduo. Sexualidade entretanto, tem maior abrangência, relacionando-se ao lado psicológico, afetivo e sexual, que leva à construção de papéis sexuais na sociedade.

O comportamento sexual humano não segue uma regra fixa, estando relacionado a fatores como: relacionamentos, religião, cultura, percepção de si, conformidade biológica e principalmente às experiências vividas ao longo da vida.

Disfunções Sexuais – As disfunções sexuais se caracterizam por perturbação no desejo sexual e alterações fisiopsicológicas no ciclo de resposta sexual (desejo, excitação, orgasmo e resolução). Trazem como consequência sofrimento e problemas no relacionamento, sendo as mais comuns:

• Desejo sexual hipoativo: falta de interesse pelo sexo;

• Frigidez: incapacidade de manter lubrificação ou a excitação;

• Anorgasmia: inibição do orgasmo;

• Dispareunia: dor genital durante o ato sexual;

• Vaginismo: contração involuntária dos músculos próximos à vagina, impedindo a penetração;

• Aversão sexual: sentimento de repulsa por relações sexuais;

• Disfunção Erétil ou Impotência: incapacidade persistente de obter e manter ereção suficiente para uma função sexual satisfatória;

• Ejaculação Precoce: ejaculação mais rápida do que o esperado, sem controle.

O que é normal em um relacionamento sexual?

A normalidade sexual está relacionada ao compartilhamento da sexualidade de forma combinada entre os parceiros, sem caráter destrutivo e sem afrontamento às regras básicas da sociedade. Anormalidades sexuais podem ser exemplificadas como situações onde haja uma fixação em atividades sexuais destrutivas ou quando o sexo é tido como única fonte de prazer.

Excitação e Prazer – A sensação de excitação e de prazer sexual é em grande parte determinada por pensamentos e emoções. A sexualidade humana vai além da ereção do homem ou da vasocongestão vaginal que leva à lubrifi cação nas mulheres, sendo o fator determinante do prazer sexual a presença de emoções positivas e de pensamentos de natureza sexual.

Prazer Sexual – Saúde Melhor – Ao longo do tempo pesquisas vêm comprovando que pessoas que têm maior satisfação sexual apresentam menos incidência de doenças e uma melhor qualidade de vida. Então, se os pensamentos e as emoções são determinantes no funcionamento sexual, vale a pena investir nessa área. É importante que haja consciencialização de que é possível melhorar a sexualidade recorrendo à ajuda especializada. Melhore sua qualidade de vida! Faça Psicoterapia!

CCNS – Clínica de Psicologia Avaliação e tratamento da depressão
Av. Dom Hélder Câmara, 5025 – Promoinfo Norte – Piso do estacionamento – Cachambi
Em frente ao Norte Shopping
Tel.: 3594.2397 – 4104.7865
Resp. Téc. Psic. Marta Elini S. Borges (CRP05/5894) Especialista em Psicologia Clínica e Hospitalar e Hipnose Clínica Mestre em Saúde da Família, 33 anos de atuação em Psicologia

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>