Julho | 2019 | Ano X – Edição 121 – Lançamento da Coletânea Literária “A Arte de Ser Mulher Vol 2. Prosa Feminina”

Lançamento da Coletânea Literária “A Arte de Ser Mulher Vol 2. Prosa Feminina”

Uma obra que reúne diferentes olhares sobre conhecimentos, aspirações, desejos da alma feminina.

DSC_3380

A cerimônia de lançamento da Coletânea Literária A Arte de Ser Mulher Vol. 2 Prosa Feminina aconteceu no dia 20 de junho, em evento fechado no Hotel Windsor Flórida, no Rio de Janeiro.

Dyandreia Portugal, idealizadora do projeto e diretora da Rede Mídia de Comunicação Sem Fronteiras, explicou que participaram 115 Mulheres contemporâneas, donas de seu saber e voz, se expressaram na modalidade “prosa”, com contos, crônicas, artigos e ensaios literários. “A obra tem como tema o universo feminino: mulheres modernas e suas conquistas, desafios, aflições, dilemas, superações, amores, sexo, casamento, filhos, família, carreira, trabalho do lar, beleza, etc”, declarou.

DSC_3503 (1)

Em 2016, a Rede Sem Fronteiras lançou o projeto editorial A Arte de Ser Mulher, composto de Coletânea Literária com poesias femininas e uma série de atividades realizadas durante um final de semana cultural, que serviram para a fomentação do debate sobre o tema ligado ao empoderamento da mulher nos dias de hoje. O sucesso foi tão grande que decidiram fazer o volume 2, desta vez em prosa. “O projeto é uma celebração feminina à Arte de Ser Mulher. Essa mulher, hoje tão poderosa, tão dona de si. Uma mulher contemporânea capaz de ser multifuncional, que conquista seu espaço, determina seu futuro, cria metas de conquistas profissionais; sem deixar de lado toda a ternura, toda a capacidade de ser mulher, de ter uma família, de amar e ser amada. E, acima de tudo, ser respeitada”, relatou.

O evento começou com uma mesa de debates sob o tema “A presença da Mulher na Literatura Nacional”. As coautoras receberam Certificado de Participação da Rede Mídia Sem Fronteiras e Moção de Louvor e Reconhecimento da Câmara Municipal do Vereador Reimont. Ao longo do dia as coautoras puderam confraternizar e fazer leitura de seus textos.

O alto do dia foi a homenagem à atriz Ruth de Souza, que aos seus 97 anos assina a primeira orelha do livro. Conhecida como a primeira dama negra do teatro, do cinema e da televisão, Ruth recebeu o troféu “Magnífico Sem Fronteiras”, na categoria “Artes”, por sua importante jornada de vitórias vencendo dificuldades, preconceitos e discriminação. Embora seja da Fotos: Sergio Luiz dramaturgia Ruth disse que valoriza a Literatura. “Valorizo a produção literária de todas as formas possíveis, em especial das mulheres que fazem parte desse magnífico trabalho, o da Arte de Ser Mulher, escrevendo suas vitórias, vencendo dificuldades”, revelou.

A poetisa e editora do Jornal Novidades, Solange Diniz, participou da primeira Coletânea Arte de Ser Mulher com as poesias: “Mulher” e “Totalmente Demais”. No volume 2, Coletânea Prosa Feminina, participa com a prosa poética “A Árvore Urbana”. “É uma honra participar dos volumes 1 e 2 junto com essas mulheres, artistas, tão talentosas. Considero muito importante integrar esse time que irá inspirar tantas outras mulheres a desvendar a força feminina. O livro ficou lindo!”, afirmou Solange Diniz.

Fotos: Sergio Luiz

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>