Julho | 2018 | Ano IX – Edição 109 – Viver é a melhor opção! Envelhecer faz parte!

 Viver é a melhor opção! Envelhecer faz parte!

O cuidado ao idoso e os desafios contemporâneos das famílias.

 

DSC_0116

Jacqueline Gomes

A desinformação, o preconceito, e o desrespeito ao idoso são algumas das dificuldades enfrentadas pelas famílias, atualmente, para cuidar de seus idosos. Vamos falar de algumas orientações práticas para ajudar esse cuidar no dia a dia:

É muito importante que você tenha em mãos uma listagem com os nomes dos medicamentos, horário e quantidade que o idoso usa por dia. Tenha em mente que nem sempre você vai estar presente numa situação em que precise falar sobre essas medicações; por exemplo, o idoso é levado de emergência ao hospital e você por algum motivo não pode acompanhálo naquele exato momento em que se internou. O hospital vai ter acesso a medicação da qual o idoso faz uso, mesmo sem sua presença. Em uma internação às vezes é necessário repetir várias vezes para médicos diferentes todos os remédios de que o idoso faz uso, você no nervosismo pode esquecer alguma medicação; estando escrito qualquer um que esteja acompanhando o idoso pode mostrar e você se assegura de que não vai deixar nada de fora.

Tenha em casa, num local visível uma pasta de elástico onde você vai guardar todas as receitas, exames, dietas, procedimentos, a listagem dos medicamentos, tudo que foi passado para o idoso. Tenha nessa pasta também um breve relato do histórico do idoso, como: idade, tipo de doenças que o acometeu, como por exemplo: derrames, infarto, etc, se consegue responder por si, se é orientado, ou demenciado, se tem algum tipo de prótese, se tem algum tipo de alergia, principalmente ao contraste, por causa de alguns exames, se tem a pele íintegra ou já possui alguma escara ou úlcera de pressão, se evacua sozinho, se tem prisão de ventre, tudo o que possa ser relevante à promoção e à manutenção da saúde do idoso.

Na frente dessa pasta você pode colocar um papel colado com o nome e telefone dos profissionais que lidam com o idoso, como: Médico, Enfermeira, Nutricionista, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Ambulância, etc. Em caso de necessidade não precisa ficar procurando.

Se o idoso toma uma grande quantidade de remédios é bom você ter um recipiente em que possa colocar todos esses medicamentos para que não se esqueça de nenhum na hora de ministrá-los; deixe junto desses remédios a listagem com horários e quantidades usadas, se você precisar se ausentar alguém poderá dar ao idoso a medicação sem problema.

Espero que essas orientações te auxiliem a cuidar do seu idoso, tenha certeza que vale a pena usá-las. Saiba mais sobre o cuidar do idoso no Facebook.

Visite a minha página e deixe suas dúvidas, perguntas, questões, terei imenso prazer em lhe responder.

Jacqueline Gomes
CRP: 05/18688
Graduação em Psicologia – UCL
Licenciatura Plena em Psicologia – UCL
Especialização em Geriatria e Gerontologia – UERJ
Tel.: 21 98832-6368

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>