Julho | 2014 Ano V – Edição 61 – Criança 24h: Férias!

Jornal_Novidades_Julho2014_crianca24hO simples som da palavra já faz bem aos ouvidos e alegra a alma de adultos e crianças. Para os pequenos é o momento de esquecer horários, livros, cadernos e cobranças de professores em troca do maior convívio com amigos, pais e demais familiares, além de muita brincadeira e novidade. É o momento de realizar os sonhos construídos e dar asas à imaginação e à descontração.

Na outra ponta desta diversão, entretanto, encontra-se a demanda por atenção redobrada, por parte dos responsáveis, quanto aos possíveis riscos de acidentes, os quais aumentam potencialmente, sobretudo e curiosamente no ambiente doméstico e em suas áreas contíguas, pois são nestes ambientes “conhecidos” que os pais mais relaxam, e consequentemente onde as crianças mais exploram e inventam “afazeres” inimagináveis.

Neste período as emergências hospitalares revelam números crescentes de atendimentos ortopédicos, com maior incidência de fraturas e demais lesões ósteo-articulares, além de lesões corto-contusas e suas consequentes suturas.

Estar atento ao risco potencial para as brincadeiras que as crianças escolhem é uma obrigação dos responsáveis.

Lembrar que para brincadeiras externas, como andar de bicicleta, patins e skate, está indicado o uso de itens de segurança, como capacete e protetores para as articulações mais propensas às lesões como joelhos, cotovelos e punhos.

No mesmo contexto de brincadeiras ao ar livre, os ambientes aquáticos como praias e piscinas são muito frequentados nas férias. Nestas situações, não esquecer o protetor solar, que é fundamental, assim como procurar frequentar estes ambientes em um horário mais cedo e por tempo limitado, evitando uma exposição inadequada ao sol. Esta é uma medida básica preventiva recomendada por médicos para não ocasionar queimaduras da pele, insolação e a tão temida desidratação. A vigilância sobre as crianças neste ambiente deve ser aumentada, pois o risco de afogamentos deve ser considerado como um evento potencial e mais uma vez os itens de segurança, como boias de braço para as crianças menores, devem ser lembrados, assim como a recomendação para nunca deixar a criança desacompanhada nestes ambientes.

Também é no período das férias que acontecem o maior número de viagens, geralmente em família. O uso do cinto de segurança e cadeirinhas é obrigatório no deslocamento veicular. Está mais do que comprovado o quanto esta recomendação minimiza acidentes graves aos passageiros, além de ser uma lei!

E nessas viagens geralmente ocorrem muitas mudanças no padrão alimentar da família, incluindo nossas crianças. Lembrar-se de proceder à lavagem correta dos alimentos e seu acondicionamento adequado para uma boa preservação dos mesmos é uma prática que devemos fazer sempre e ainda mais, nessa época.

Lembrem-se: férias felizes são aquelas que retornamos tão saudáveis como a iniciamos!

Boas férias!

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>