Janeiro | 2015 Ano VI – Edição 67 – Criança 24h: Vacinação

JornalNovidades_Jan2015_Criança24hA vacinação é uma das práticas mais importantes em Medicina. Extremamente ligada a um conceito também fundamental que é a promoção da saúde através de práticas de prevenção às doenças, vacinar é caminhar de encontro à essência desse conceito.

Através da vacinação evitamos doenças que trazem alta mortalidade e morbidade à população e estamos diretamente agregando qualidade de vida aos indivíduos. Através da aquisição do hábito do calendário vacinal, erradicamos no passado doenças como a varíola e caminhamos a passos largos para a erradicação da poliomielite. Além dos excelentes resultados epidemiológicos conquistados nas últimas décadas em doenças endêmicas como Sarampo, Tuberculose, Difteria e alguns tipos de Meningite.

Retrato de um cenário onde a tecnologia em pesquisas traz diretamente ganhos à população, nos últimos anos o calendário vacinal proposto às nossas crianças tem gradativamente recebido novas orientações que agregam atualmente a possibilidade de prevenção a doenças como Varicela (Catapora), Hepatite B, infecções por Rotavírus e por pneumococo, o que não era possível há poucas décadas.

Se contabilizarmos o que a prevenção a essas doenças economiza em saúde pública, veremos que estamos falando de enorme quantia financeira. Se somarmos a essa vantagem o valor afetivo que consiste em evitar a perda de um familiar querido ou evitar a sequela de alguma dessas doenças em qualquer um de nós, esse valor torna-se incalculável. A vacinação é fundamental para as crianças e também para o público adulto. Seja o público adulto atual, quando abordamos, por exemplo, a prevenção ao Tétano durante o acompanhamento pré-natal ou a vacinação de idosos contra gripe, seja quando propomos às nossas adolescentes em recente campanha a vacinação para combate ao HPV, objetivando a prevenção futura do câncer de colo de útero. E o nosso programa de vacinação é um dos mais elogiados do mundo. Dentre tantas críticas pertinentes que fazemos à nossa saúde pública, essa é uma ilha de excelência que resiste a tantos destemperos administrativos e accessível a todos.

Enfim, em tempos onde discutimos no dia a dia a nossa angústia financeira não podemos esquecer que investir em nossa saúde e na de nossos familiares queridos é sempre o melhor investimento. Ficar atento ao calendário vacinal representa uma medida eficaz, obrigatória e consciente do seu papel como cidadão! Em caso de dúvida sobre as vacinas procure o seu médico para receber as orientações sobre o calendário vacinal e informações complementares.

 

Dr. Guilherme Sargentelli – Médico pediatra, gerente institucional do Grupo Prontobaby

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>