Julho|2016| ano VII edição 85 – Hospital Pasteur dá início a ciclo de palestras gratuitas

Hospital Pasteur dá início a ciclo de palestras gratuitas

WP_20160618_09_33_27_ProEm parceria com a nova gestão do Hospital Pasteur foi iniciado no dia 18 de junho, um ciclo de palestras gratuitas para a comunidade. A primeira palestra, ministrada pelo geriatra da instituição, Dr. Thiago Bicalho, abordou o tema “Depressão nos Idosos”. A escolha do tema foi para chamar a atenção para esse problema, cada vez mais presente nessa fase da vida. De acordo com o Ministério da Saúde, a depressão é a quarta maior causa de afastamento do trabalho e do convívio social.

Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geogra- fi a e Estatística (IBGE), o Brasil tem, hoje, 20,6 milhões de idosos. A expectativa é que, até o ano de 2060, o país venha a ter cerca de 58,4 milhões de pessoas na terceira idade. Esse número se deve não só a um aumento da expectativa de vida dos brasileiros, mas também à melhoria na qualidade das políticas públicas para essa importante camada da população.

Dr. Thiago Bicalho nasceu, foi criado, formou-se na região do Grande Méier e em Dezembro de 2015 inaugurou no bairro a Clínica Cuidar Vc e falou com grande entusiasmo dessa oportunidade de aproximação da instituição com os moradores da região. “É importante que saibam que esse espaço existe e que daremos continuidade às palestras mensalmente para que a comunidade possa tirar suas dúvidas e estreitar a relação com o hospital”, declarou o geriatra.

A depressão é caracterizada pela presença de humor predominantemente depressivo e/ou irritável e anedonia (diminuição de prazer ou alegria/desinteresse por ativiAconteceu no Bairro Hospital Pasteur dá início a ciclo de palestras gratuitas dades que antes eram prazerosas), é comum esses sintomas serem acompanhados de cansaço, dores, pessimismo, perda do sono e apetite, prejuízo cognitivo, alterações comportamentais e sintomas físicos. A perda de pessoas próximas, a frustração por não ter mais condições de realizar determinadas atividades, dores crônicas podem causar a depressão. No caso dos idosos o problema pode se apresentar de forma ainda mais acentuada e, se não ocorrer os devidos cuidados poderá acarretar desdobramentos mais sérios.

Além das alterações no corpo, o envelhecimento traz uma série de mudanças psicológicas. A depressão pode causar a sensação de aumento da dor e torná-la mais difícil de lidar, mas existem tratamentos que podem agir com grande efi cácia no combate à dor e à depressão. “É necessário um acompanhamento rigoroso com um médico de confi ança, para que não haja diagnóstico errado. Mas, o sucesso do trabalho desenvolvido com o idoso dependerá de uma boa comunicação e confi ança estabelecida entre médico e paciente e do engajamento ao tratamento proposto. Nos anos de 2013 e 2014, os remédios controlados – popularmente conhecidos como ´tarja preta’ – estiveram entre os dez mais vendidos nas farmácias brasileiras. Sendo que nem sempre é a melhor indicação para o problema, principalmente em pacientes com mais idade”, ressaltou Dr. Bicalho.

Dr. Thiago convida a todos para a próxima palestra que terá como tema “Desafi os do Envelhecimento”, que acontecerá no dia 30 de julho, às 9h, no auditório do Hospital Pasteur – Av. Amaro Cavalcanti, 495 – Méier. Inscrições e informações pelo telefone 2104-4400.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>