As Nove Dezenas de Tatá

Família, laços que nos unem!

Athaide com a família

Depois de analisar vários momentos de minha existência cheguei a uma simples conclusão: como é importante considerar o fator tempo em relação aos acontecimentos, que ocorrem conosco a cada fração da nossa preciosa ocupação tempestiva dentro deste infinito universo. O tempo é inexorável, paradoxal, importante e absolutamente inquestionável. Quando tomamos uma decisão temos que ser habilmente responsáveis para assumirmos as consequências dos riscos que advirão, sejam positivos ou negativos, não adianta culpar o tempo com justificativas pueris, insensatas ou incompatíveis.
A divisibilidade do tempo é perfeita por isso se repete. Tudo tem seu próprio tempo para acontecer. A infância, a adolescência, a juventude e a maturidade são fases da nossa existência administradas pelo tempo, que nos é permitido habitar nesta galáxia. Bem, eu acredito que cada ser humano recebe do altíssimo a função de administrar sua própria fase, rigorosamente supervisionada por Ele. Assim, se dentro de determinado período ocorrer alguma falha na administração que lhe foi outorgada, o tempo se encarregará de agilizar sua passagem…
Gostaria de descrever a minha infância do jeito que toda criança sadia, amparada e educada com amor de seus pais geralmente tem. A família de uma criança cuidada com amor e carinho são marcas indeléveis gravadas na infância que o conduzirá através do tempo.
As pessoas de nossa família são um presente de Deus para nós. Algumas vêm em embrulho bonito, como os presentes de Natal ou de aniversário. Outras vêm em embalagens comuns, mas são tão ou mais bonitas que as de embrulho de festa. Deus nos presenteou com tanta vida, tanta alegria, tanto sentimento em nossa família, porque tinha um propósito: unir-nos e fazer de nós pessoas melhores, amigos uns dos outros, primos companheiros e queridos, tios acolhedores, sobrinhos amados enfim, uma grande família, que cada membro tem vida própria, mas pelos laços que nos unem está sempre ligada como os elos de uma corrente forte e segura.
A família nos acompanha desde a nossa chegada à vida terrena até o dia que nos despedimos, e continua rogando por nós em todos os momentos de oração.
Ensina-nos a viver em comunidade, a partilhar coisas e sentimentos, nos dá amor e carinho, nos educa, e nos mostra que existe um imenso mundo fora do nosso berço familiar, mas toda vez que nos encontramos não faltam coisas para contar, carícias para trocar, afagos, beijos, abraços fraternos e uma imensa emoção.
Por isso, minha amada família, eu só tenho a agradecer ao Grande Arquiteto do Universo e criador de todas as coisas. Neste momento recorro a Jesus Cristo para pedir benção para nossas famílias. 

Autor: Athaide de Moraes

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>