Agosto | 2019 | Ano X – Edição 122 -Pequenas Histórias para serem devoradas

Pequenas Histórias para serem devoradas

Por Cairo de Assis Trindade

Foto: Arquivo JN

DY

Depois de publicar dez livros de poesia, Luiz Otávio Oliani estreia agora como contista, com “A vida sem disfarces”. Curiosamente, o autor escolheu o difícil caminho do miniconto e do microconto, textos sintéticos como os poemas, para iniciar esta nova fase em sua carreira literária.

São histórias curtas – recortes da vida – abrangendo o lírico e o dramático, o brutalista e o grotesco, o didático, o trágico, o patético e o conto de humor, com personagens flagrados em situações e lugares os mais variados.

Em todos, Luiz Otávio Oliani procura ser acessível, contundente, mantendo sempre a característica fundamental do inusitado.

Luiz Otávio Oliani é poeta, contista, cronista e dramaturgo. Graduou-se em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, em Direito, pela Universidade Estácio de Sá (UNESA). Atua como o difícil caminho do miniconto e do microconto, textos sintéticos como os poemas, para iniciar esta nova fase em sua carreira literária. Por Cairo de Assis Trindade Foto: Arquivo JN professor de Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e Produção Textual em diversos estabelecimentos. Publicou 13 livros. Participou de mais de 200 coletivos nacionais e estrangeiros. Tem textos publicados em mais de 500 jornais, revistas, alternativos e periódicos. Recebeu mais de 100 prêmios, dentre os quais troféus, medalhas, placas ou honrarias literárias. Em 2017, a convite da escritora e ativista cultural Mariza Sorriso, integrou a equipe de poetas que representou o Brasil no IV Encontro de Poetas de Língua Portuguesa, em Lisboa, Portugal.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>