Abril | 2017 | Ano VIII – Edição 94 – Depressão e Atividade Física

Depressão e Atividade Física

wevaqMuito se tem discutido no mundo da Medicina e da Psicologia sobre o quanto as emoções e os sentimentos podem influenciar o comportamento humano, no âmbito social, profissional e pessoal. Além disso, a sociedade se encontra, cada vez mais, com níveis elevados de estresse, ansiedade e esgotamento mental. Felizmente, há uma saída para lidarmos com esses problemas de uma melhor forma, dando uma “injeção de ânimo” em nossa saúde!

Quando estamos passando por momentos difíceis, como a depressão, muitas informações são processadas pelo nosso cérebro com certa dificuldade. A cognição (articulação de pensamentos e ideias) se encontra desestruturada pelo nível alto de estresse, deixando os pensamentos confusos e dispersos. A memória também cai de produção e a linguagem fica debilitada, como no caso de a pessoa depressiva não conseguir associar sua fala ao que realmente sente – expressa seus sentimentos sem estar conectada consigo mesma inteiramente, na verdade falta algo que não compreende ainda, por isso pode perder o sentido de viver.

Segundo o médico Drauzio Varella, “depressão é a tristeza quando não tem fim, quadro muito diferente do entristecer passageiro ligado aos fatos da vida. É uma doença potencialmente grave que interfere com o sono, com a vontade de comer, com a vida sexual, com o trabalho, e que está associada a altos índices de mortalidade por complicações clínicas ou suicídio”. A grande diferença é que quando estamos tristes, recuperamos a alegria ao reconquistarmos o que perdemos: um emprego, por exemplo. Já na depressão a apatia perdura mesmo com tudo dando certo, é algo mais profundo!

A OMS (Organização Mundial da Saúde) nos informa que mais de 350 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo, ou seja, pelo menos 5% da população. Para Drauzio Varella “é a mais comum de todas as enfermidades psiquiátricas, acomete mais as mulheres e apresenta caráter recidivante: depois do primeiro episódio, a probabilidade de ocorrer outro é de 50%; depois do segundo, sobe para 75%; e, depois do terceiro, para pelo menos 90%”.

Este artigo é o primeiro da série sobre depressão, devido a isso não perca a próxima edição. No site do Jornal Novidades você acompanha todas as colunas em ordem. Confira! Eu posso te ajudar! www.jornalnovidades.com.br (caderno saúde).

CONECTE-SE MAIS CONSIGO MESMO

THIAGO SOARES PERSONAL
CREF: 025751

Profissional de Educação Física

Personal Trainer, especialista em atividade física para idosos e necessidades especiais
ATENDIMENTO EM DOMICÍLIO
Doenças degenerativas/psiquiátricas/Demências
Autismo/Síndrome de Down/Cadeirante
Personal Coach (consultor de saúde e atividade física)
whatsapp-logo-icone-1 99522.8671 (Vivo)
facebook:thiagosoarespersonal
E-mail: thiagosoares.vivabem@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>