Novembro |2016| ano VII edição 89 – Novembro |2016| ano VII edição 89 –

Final de ano, tempo de reflexão?

andradaComo sempre se segue o ano chega ao fi m do seu ciclo enquanto que o ano novo se aproxima. Em geral as pessoas fazem um balanço sobre o que ocorreu ao longo do ano, suas dificuldades, tristezas, alegrias e objetivos, em que alguns foram atingidos e outros não.

Nesta virada, antigas e novas promessas serão feitas assim como as metas e outras possibilidades. Entretanto, é neste momento que consiste as principais dificuldades para atingir os objetivos. A primeira dificuldade reside nos motivos que justificam esperar o final do ano para avaliar novas perspectivas e mudanças.

O ano tem 365 dias e para modificar um determinado comportamento ou empreender uma ação é possível ser feito ao longo dos dias do ano. Outro ponto: por que em vez de promessas vagas ou muito engenhosas, não colocar metas simples e pensar nas etapas a serem cumpridas em função dos objetivos? Veja, se eu quero ser mais feliz no próximo ano isso é muito vago e tem relação com os meus desejos, porém não penso nas formas de cumprir. Como psicóloga e nos atendimentos aos meus pacientes, argumento que ser mais feliz ou melhorar a autoestima se relaciona com pequenas mudanças de atitudes que contribuem nesse sentido, ou seja, iniciar uma academia, aumentar a frequência no salão de beleza, começar um curso na área profissional que deseja, ou planejar o orçamento para ser possível fazer reservas para eventos importantes como viajar.

Essas etapas auxiliam a pessoa na busca desse objetivo além de conferir maior concretude ao sonho, dificultando a desistência no meio do caminho. Tal é o último aspecto a ser comentado aqui. Sonhos são bons porque ajudam a dar leveza a existência humana, além de conferir sentido e esperança mesmo diante de uma situação desfavorável. Todavia, sonhar exclusivamente pouco ajuda para tornar esse sonho realizável.

Nem sempre é possível atingir o ideal que o indivíduo quer, mas é preciso levar em conta que para estar nessa empreitada é preciso tornar-se palpável, considerando suas possibilidades, dificuldades e as etapas do percurso. Não há como fazer uma precisão 100% dos fatores envolvidos, mas quanto mais é possível avaliar de modo realista as metas, maiores as chances de se planejar e se aproximar do seu alvo. E à medida que o alvo se aproxima, menores as chances de desistir e esperar o final do ano para renovar as promessas. Lembre-se: sempre é tempo de se modificar, mesmo que seja dia 31 de dezembro.

Boas festas.

PSICOLOGIA CLINICA
Bruna Dionísio Manoel
Terapeuta Cognitiva Comportamental
CRP: 05/42604

Rua Lucídio Lago, 96 – SI 505 – Méier
Rua Conde do Bomfim, 310 – Cobertura 01 – Tijuca
TEl: 21 96904-1589 / 96752-9941
www.brunamanoel.com
E-mail: psicologiabruna24@gmail.com

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>