Novembro |2015 | Ano VI Edição 77 – Jornalista Ígor Lopes lança livro-reportagem sobre a fadista Maria Alcina

Maria Alcina e Jornalista Ígor Lopes2Jornalista Ígor Lopes lança livro-reportagem sobre a fadista Maria Alcina

         A cantora Maria Alcina, moradora do Méier há 1 anos e na cidade do Rio desde 1950, é a personagem principal do livro-reportagem “Maria Alcina: a força infinita do fado!, de autoria do jornalista Igor Lopes, já com data de lançamento para janeiro.

Maria Alcina nasceu em 1939. É natural da aldeia de Cetos, distrito de Viseu, em Portugal. Veio para o Brasil com sua mãe para encontrar seu pai que havia deixado Portugal para buscar melhores oportunidades. Mas, a procura não teve um final feliz e Alcina e sua mãe seguiram com suas vidas. Hoje, com mais de 60 anos de carreira recorda seus sucessos. Conheceu grandes nomes da sociedade brasileira; teve o seu próprio programa de rádio; atuou em programas de TV na Rede Globo, SBT, Tupi, entre outros, foi capa de revistas; fez grande turnê em Portugal, onde deu nome a uma Avenida; abriu uma famosa casa de Fados na Zona Sul do Rio; Gravou LPs, Compactos e DVDs; foi protagonista de grandes reportagens e documentário; cantou ao lado de nomes de vulto do Fado como Amália Rodrigues e Carlos do Carmo.

A fadista também é detentora de centenas de prêmios. A sua sala de estar parece um museu recheado de quadros, poemas, diplomas, menções honrosas, homenagens, placas comemorativas, medalhas e fotografias. Arménio Vasconcelos, presidente da Casa-Museu Maria da Fontinha, em Portugal, e amigo de muitos momentos, mencionou Alcina como um dos 25 beirões ilustres. Em 2009, Maria Alcina recebeu o título de Cidadã Carioca. No ano seguinte, a Mealha Chiquinha Gonzaga. A Academia de Letras e Artes de Paranapuã (ALAP) homenageou-a com a entrega da Medalha de Mérito Cultural “Acadêmico Austragésilo de Athayde”, em 2002. Alcina é também acadêmica da ALP. A cantora foi indicada para receber o grau de Comendadora, em 2003, outorgado pela Confraria Saberes e Sabores da Beira Grão Vasco, da qual é confrade. No mesmo ano a Academia Brasileira de Medalhistica Militar (ABRAMMIL) homenageou-a durante Solenidade de Posse e troféu de melhor fadista, através do premio Melhores do Ano 2012, promovido pelo programa de rádio “Portugal em Ritmo de Show”. Em 2015, Alcina recebeu a comenda “Luiz Vaz de Camões” das mãos da presidente da Literarte, Izabelle Valladares.

“Estou muito feliz com o material apurado pelo Ígor. As histórias, depoimentos e imagens que estão no livro mostram boa parte da minha passagem profissional e pessoal. Não esperava ter esse tipo de trabalho publicado sobre mim. Mas, dessa forma, os meus fãs e o publico em geral poderão conhecer um pouco mais a minha carreira e as dificuldades e vitórias que vivi, além dos nomes que me ajudaram”, externa Maria Alcina.

A obra canta a vida e obra dessa fadista que alcançou sucesso no Brasil, traçando um paralelo entre a sua história e a luta diária da comunidade portuguesa residente no país. Ao longo de 124 páginas, em uma edição independente, é possível conhecer detalhes da carreira dessa artista, famosa nacional e internacionalmente, cujas fases de maior glamour foram acompanhadas por brasileiros, portugueses e luso-brasilieros. Ígor Lopes pretende mostrar, entre fotografias e depoimentos de figuras marcantes, autoridades brasileiras e portuguesas,  a vida e obra da cantora e sua trajetória em prol da divulgação da cultura portuguesa no mundo, em especial no Brasil.

“O mais importante de todo o trabalho de escrita e apuração foi poder ir a fundo em histórias, casos e passagens importantes da carreira e vida da fadista. Entrevistei dezenas de nomes, conhecidos ou não, que atestam a imponência da trajetória da cantora e que mostram como a caminhada de Alcina é semelhante a de outros membros da comunidade portuguesa. A diferença é que, através da musica e superado muitos desafios, Alcina alcançou estrelato”, declara o autor.

Para mais os amantes da cultura e da música portuguesa Maria Alcina se apresenta toda segunda, quarta-feira do mês na Casa do Bacalhau, no Méier. O pré-lançamanto do livro será dia 28 de janeiro de 2016, no arouca Barra Clube.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>